VEJO FLORES EM VOCÊ




A gente brigou. Foi assim que eu entendi que tudo seria diferente, que meu mundo já estava mudado, e que eu não controlo meus sentimentos como eu achava que controlava.

A gente brigou, e eu continuei te amando. Te amei mesmo quando a tristeza persistiu, mesmo quando a raiva não passou. Mas não pense que te amei como sempre te amo, te amei diferente, diria até que te amei um pouquinho mais.

Vi que tu é capaz de despertar em mim todos os sentimentos existentes nesse mundo, e eu gostei disso. Não, na verdade eu amei. Amei gritar amando, chorar amando, e amei rir meia hora depois de todos esses sentimentos loucos que me atingiram em frações de segundos e todos de uma vez só.


Sim meia hora depois, porque como eu disse, te amei ainda mais, por amar que tu sejas um imperfeito perfeito, que tu erre como eu, que tu chore como eu, que sinta como eu.

Mas sou consciente, só enxergo na briga o amor, porque sei que tu continuou me amando também. Por isso, obrigada. Obrigada por rir comigo, brigar comigo...amar comigo.

Mou.

 [no-sidebar]

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.